Escolha uma Página

 

Todas as empresas, sejam elas pequenas, médias ou grandes, estão constantemente sujeitas a crises e para que os efeitos destas, caso aconteçam, sejam mínimos, tanto na imagem da organização quanto na sua balança financeira, é necessário que exista o planejamento e gerenciamento de crises, uma das diversas funções desempenhadas pelo profissional de Relações Públicas. Previamente à Gestão de Crises, é necessário que haja o Planejamento de Crises, assim, os profissionais devem preparar com antecedência as ações a serem desempenhadas pela empresa caso esta tenha que enfrentar um período crítico, assim, tais medidas poderão ser colocadas em prática o quanto antes, o que minimizará as consequências da crise.

Com o crescente desenvolvimento de dispositivos tecnológicos, da internet e das redes sociais, as possíveis crises podem tornar-se cada vez mais impactantes e duradouras, assim, o planejamento deve ser realizado com cautela e atenção, realizando uma série de estudos acerca dos públicos de interesse e do contexto político-econômico-social em que a organização está inserida, levando em consideração sua abrangência e influência.

Um exemplo de sucesso de uma empresa que realizou um ótimo gerenciamento de crise é a Ruffles e o caso do “Saco de Ar”. Nesta situação, surgiu nas redes sociais uma série de questionamentos sobre a marca e a quantidade de ar que era colocada dentro das embalagens de batatas fritas. Em resposta a estes julgamentos a empresa publicou em sua página oficial do Facebook o infográfico “Saco de Ar? Isso é mito. – Entenda o porquê no caminho da batata Ruffles até a sua boca”. Por meio deste, a empresa explicou de forma clara e objetiva o processo de empacotamento das batatas e o porquê de existir ar dentro dos pacotes, além disso, esta defendeu que a proporção de batatas dentro de cada embalagem é a mesma há anos, demonstrando que a quantidade de ar presente é necessária para que o produto seja preservado corretamente até que chegue às mãos do consumidor.

Assim sendo, a empresa foi capaz de manter a credibilidade e confiabilidade de seus consumidores por meio de uma ação comunicacional clara, objetiva e, principalmente, transparente. É importante ressaltar a importância da transparência na Gestão de Crises, uma vez que esta, desde o início da profissão Relações Públicas, demonstra ser um importante aspecto a ser adotado pelas organizações, muitas vezes sendo a principal característica responsável por reestruturar a empresa após o período de crise.

Pin It on Pinterest

Share This