O rebranding nada mais é do que mudar, parcialmente ou radicalmente, tudo aquilo que se refere a identidade de uma empresa ou pessoa. Essa ação ocorre com mais frequência do que imaginamos, para facilitar o entendimento, vamos exemplificar: sempre que bandas se separam e os cantores seguem carreira solo, é necessário um rebranding para formar a identidade individual do artista.

Essa estratégia pode resgatar a imagem de uma empresa e retirá-la de situações indesejadas. A grande finalidade do rebranding é atualizar os elementos de comunicação objetivando evitar a perda de clientes.

Agora que já sabemos o que é um rebranding, vamos identificar 4 sinais de que você está precisando de um para sua marca.

  1. Quando seu público-alvo não é mais o mesmo de antes

É aquele velho ditado: público novo, cara nova!! É necessário sempre adequar seu conteúdo para o público que consome seus produtos ou serviços.

  1. Quando ocorre uma grande mudança no modo de negócio

Se for necessário refletir essa mudança, interna e externamente, é um sinal de que você precisa de um rebranding para já.

  1. Necessidade de manter seu negócio atualizado

Não é ideal seu negócio ser genial, mas continuar preso às antigas tendências, o mercado está em constante mudança e não acompanhá-las pode ser um risco para sua marca.

  1. Crise de imagem

Nos casos em que ocorre uma crise de imagem, o rebranding se faz necessário para contornar a crise.

Existem diversos casos em que o rebranding se torna uma necessidade, mas não se engane, isso não significa que você precisa mudar toda sua empresa/marca. Do mesmo modo que existem diversos casos que exigem um rebranding, existem diversos tipos de rebranding. Essa ação, realizada periodicamente, é uma maneira de estar sempre monitorando se sua identidade de marca segue consistente e coerente no mercado.

Share This